13.8 C
Londres
terça-feira, maio 24, 2022
CasaChamadasSP: Médico acusado de Abuso Sexual por pacientes é preso

SP: Médico acusado de Abuso Sexual por pacientes é preso

Encontro:

Histórias relacionadas

Verifique as tendências da bolsa de valores para o 2º semestre

Verifique as tendências da bolsa de valores para o...

Vendas do Tesouro Direto tornam a superar resgates após cinco meses

Vendas do Tesouro Direto tornam a superar resgates após...

Vendas do comércio aumentam 6,1% no fim de semana da Black Friday

Vendas do comércio aumentam 6,1% no fim de semana...

Vendas de Carros têm Redução de 31% em julho

Vendas de Carros têm Redução de 31% em julho ...

Veja quais serviços do Detran-MT que podem ser feitos de forma on-line

Veja quais serviços do Detran-MT que podem ser feitos...

A prisão ocorreu próximo ao Aeroporto de Congonhas

O nutrólogo Abib Maldaun Neto, acusado de abusos sexuais por pacientes, foi preso na manhã de hoje (14) próximo ao Aeroporto de Congonhas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a prisão ocorreu após policiais militares interceptarem o veículo usado pelo nutrólogo nas imediações da Avenida Washington Luis. Dentro do carro, além do acusado, estavam sua esposa, uma advogada e um motorista. O caso foi registrado como captura de procurado pela Divisão de Capturas, do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope).

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) não informou detalhes sobre o processo porque tramita em segredo de Justiça. A defesa de Maldaun alega inocência. 

O médico é acusado por pacientes de cometer dentro do próprio consultório, no bairro dos Jardins, na capital paulista. Segundo o Ministério Público de São Paulo, o médico já foi condenado em segunda instância por violação sexual mediante fraude pelo TJ-SP, mas continuava atendendo com autorização do Cremesp.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) suspendeu cautelarmente o registro do médico devido às denúncias de abuso no final de setembro deste ano.

Segundo a entidade, a suspensão é válida por seis meses, podendo ser renovada por igual período e, nesse prazo, o registro profissional do médico ficará suspenso em todo o território nacional.

Original de Agência Brasil


Tagged: , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.



 


 




Se inscrever

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Histórias mais recentes