CE: Projeto Malha D’água propõe nova estratégia para o abastecimento hídrico

O objetivo do Projeto é ampliar a segurança hídrica do Estado, garantindo condições de para o abastecimento dos núcleos urbanos e complementarmente de comunidades rurais situadas ao longo dos sistemas adutores a serem implantados

A seca dos últimos anos trouxe consequências para o sistema hídrico do Estado do Ceará, levando os principais reservatórios a exaustão de suas potencialidades e evidenciando a vulnerabilidade das captações de alguns sistemas adutores, situadas a fio d´água nos rios perenizados pelos reservatórios.

Neste contexto, a Secretaria dos Recursos Hídricos – SRH em parceria com as vinculadas Cogerh, Sohidra e Funceme e com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará – Cagece, propuseram uma nova estratégia para o abastecimento de água dos núcleos urbanos do Ceará, que, indiretamente, influenciará a dinâmica de oferta hídrica para os demais usos.

O denominado Programa Malha D’água, foi idealizado a partir da experiência da implantação e operação do atual sistema de infraestrutura hídrica, observando, principalmente, as suas fragilidades.

A proposta do Projeto é adensar a rede de adutoras, considerando todos os centros urbanos do Estado, com captação realizada, diretamente, nos mananciais com maior garantia hídrica e implantação das ETAs junto a estes reservatórios para posterior adução aos núcleos urbanos integrados ao sistema.

A nova concepção dos sistemas adutores congrega um conjunto de características específicas, que resultarão em uma matriz hídrica diferenciada para o Estado, tanto pela malha de adutoras de água tratada proposta, quanto pela categorização dos reservatórios com destinação prioritária para o abastecimento humano.

Entenda

O fará um cruzamento da malha de adutoras planejadas com as rotas dos carros pipa, buscando otimizar o traçado, considerando o dimensionamento dos sistemas, quando viável, a população rural mapeada, disponibilizando água em pontos de abastecimento e planejando pequenos sistemas adutores para atender as maiores concentrações populacionais.

Desta maneira, o programa Malha D’ água trará uma redução, substancial, das rotas dos carros pipa, influenciando também a qualidade da água para atendimento rural difuso.

O objetivo do Projeto é ampliar a segurança hídrica do Estado, garantindo condições de fornecimento de água para o abastecimento dos núcleos urbanos e complementarmente de comunidades rurais situadas ao longo dos sistemas adutores a serem implantados.

Para o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira o “Malha D’água será maior projeto de abastecimento humano do Ceará”.

O Projeto vai iniciar pelo sistema adutor Banabuiú/Sertão Central, atendendo 9 sedes municipais e 37 distritais, com 291,61 km de adutora principal e 384,48 km de ramais adutores. Nesta fase serão beneficiados 213.737 cearenses.

Conheça o Malha D’água

O projeto Malha D’água será formado por 34 sistemas adutores planejados, com 4.306 km de linhas adutoras principais e 305 Estações de Bombeamento. Ao todo, 178 municípios serão beneficiados, atendendo uma população de 6.297.383 cearenses.

Original de Governo do Estado do Ceará

Tagged: , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.