Baixo isolamento demonstra negligência com aumento de 509% nas mortes por Covid-19 em apenas um mês

Entre todas as unidades da federação, Mato Grosso do Sul ocupa o penúltimo lugar no ranking que mapeou os índices de isolamento social nesta terça-feira (7.7).

Em ritmo de normalidade apenas 36,4% da população permaneceu em casa, demonstrando negligência diante do aumento expressivo de casos do novo coronavírus no Estado.  

Em apenas um mês os casos confirmados de tiveram um aumento de 376% e o de óbitos em decorrência da doença foi de 509%. Os testes positivos que somavam 2.324 foram para 11.063, e as vidas que perderam a batalha para o vírus que somavam 22 estão em 134, conforme boletim oficial apresentado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta quarta-feira (8.7).

Mesmo diante das estatísticas, que apontam para o agravamento da situação, e de alertas diários de autoridades em saúde, a movimentação continua alta nos municípios sul-mato-grossenses e as taxas de recolhimento mapeadas para esta terça variam entre 21,7% a 52%.

No ranking das capitais brasileiras Campo Grande também ocupa a penúltima colocação com taxa de 35,4% para o dia.

Entre as regiões com piores índices estão o Núcleo Industrial (17,6%), Nova Lima (18,3%), Alphaville (20,3%), Chácara do Lageado (21,4%), Maria Aparecida Pedrossian (22,6%).

A lista completa de cidades mapeadas com seus respectivos índices de isolamento social pode ser conferida aqui.

Original de ms.gov

Tagged: , , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.