Presidente Bolsonaro cita abuso de autoridade do STF e vai a ato contra Congresso

O Jair  publicou na manhã deste domingo (24.mai.2020) trecho da lei de abuso de autoridade. No Twitter e Facebook, ele cita o artigo 28 da Lei 13.869/2019 que estabelece como crime “divulgar gravação ou trecho de gravação sem relação com a prova”. A postagem pode ser vista como recado ao ministro (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello, que liberou a gravação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.

A postagem traz a foto de 1 artigo da lei, que proíbe a exposição da “intimidade ou a vida privada ou ferindo a honra ou a imagem do investiga ou acusado: pena – detenção de 1 (um) a 4 (quatro) anos“.

Após fazer a postagem, o presidente deixou o Palácio da Alvorada de helicóptero e sobrevoou a Esplanada dos Ministérios. Depois, como de costume, encontrou os apoiadores na Praça dos Três Poderes. No local era realizada manifestação pró-governo e que incluía faixas com críticas ao Congresso e ao Supremo.

Bolsonaro estava sem máscara e provocou aglomeração no local. Brasília tem 5.605 diagnósticos de covid-19. Por decreto do governador, a população cumpre medidas de isolamento social para evitar a expansão da doença.

Bolsonaro em Ato

Tagged: , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.