O Secretário Especial de Saúde Indígena destaca as ações de prevenção e combate a pandemia

Robson Santos da Silva ressaltou o reforço dos 14,2 mil profissionais integrando 800 Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena

Em entrevista exclusiva ao Planalto, o secretário especial de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva, destacou as ações de prevenção e combate ao novo coronavírus.

Ele destacou que o Governo do Brasil tem garantido assistência aos mais de 750 mil indígenas brasileiros aldeados durante a da Covid-19.

“A conta hoje com 14,2 mil profissionais integrando 800 Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena.

Desde o inicio da pandemia foram realizadas ações de informação, prevenção e combate ao coronavírus, orientando , gestores e colaboradores em todo o Brasil”, destacou.

Robson Santos lembrou ainda que já foram distribuídos  mais de 600 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), insumos em saúde e medicamentos foram enviados aos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs).

O Ministério da Saúde já investiu cerca de R$ 70 milhões em ações específicas para o enfrentamento da pandemia. 

Secretário Especial de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva – Foto: Planalto

Estrutura 

Atualmente, a Sesai possui 14.200 profissionais integrando 800 Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena.

Sua estrutura possui 367 Polos Bases; 67 Casas de Saúde Indígena (Casai); 1.199 Unidades Básica de Saúde Indígena (UBSI); 14.200 profissionais integrando 800 Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena em um território de 950.122 km² de área de abrangência dos DSEIs.

O Subsistema de Saúde Indígena tem como base os Distritos Sanitários Especiais Indígenas, cujas delimitações geográficas contemplam aspectos demográficos e etnoculturais, estando sob responsabilidade do gestor federal.

A estrutura do Dsei é composta pelos Postos de Saúde situados dentro das aldeias indígenas.

Essas unidades devem contar com uma rede interiorizada de serviços de atenção básica organizada de forma hierarquizada e articulada com a rede de serviços do Sistema Único de Saúde para garantir a assistência de média e alta complexidade. O SUS serve de retaguarda e referência ao Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.

Fonte: gov.br

Tagged: , , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.